Crônica da Semana

            Fim de Ano! Todos os jogadores com suas famílias, curtindo o recesso de fim de ano. Enquanto isso, na Zona Oeste do Rio, uma jovem é baleada, jovem com o nome de Adriene Cyrilo Pinto, e essa jovem na hora do disparo, estava no carro do jogador Adriano (atacante do Corinthians), segundo a polícia, o tiro partiu do banco de trás, e atingiu a mão da jovem. Testemunhas afirmaram que o jogador estava no banco da frente e a jovem, ao manusear a arma disparou acidentalmente contra sua mão. Já a vítima, falou que o jogador, ao mexer na mesma, disparou também acidentalmente na mão da jovem. E aí? quem está falando a verdade? O laudo conclusivo da perícia só sairá daqui a uns 20 ou 30 dias, aí saberemos o que aconteceu realmente naquela ocasião.
           É..., é mais um capítulo para um histórico conturbado do império de Adriano. Alguns capitulos desse historico:

Agosto de 2004 – Um mês depois de ajudar a Seleção Brasileira a conquistar a Copa América, Adriano enfrenta a morte do pai, Almir Leite Ribeiro. Segundo pessoas próximas, o jogador nunca foi mais o mesmo depois do fato.



Junho de 2005 – Formando o quadrado mágico com Kaká, Ronaldo e Ronaldinho, Adriano é um dos destaques na conquista da Copa das Confederações, na Alemanha.
Junho/Julho de 2006 – Na Copa do Mundo da Alemanha, nem de longe lembra o Adriano dos anos anteriores. Visivelmente fora de forma, é um dos destaques negativos da campanha brasileira no torneio.
Outubro de 2006 – Em má forma no Inter de Milão, é liberado pela diretoria para “esfriar” a cabeça no Rio de Janeiro. No entanto, em vez de descansar, atacante é visto em bailes funk e andando pelas ruas da cidade na garupa de uma moto.
Outubro de 2006 – Jornal sueco divulga fotos de Adriano cercado de mulheres, cigarros e bebidas alcoólicas.
Abril de 2011 - Já no Corinthians rompe o tendão de Aquiles durante um treino, passa por cirurgia e tem previsão de retorno em cinco meses.
Setembro de 2011 - Adriano causa a primeira “dor de cabeça” à diretoria do Corinthians. No dia 20, não comparece ao CT Joaquim Grava no horário estipulado para treinar e é multado em 10% de seus vencimentos.
Outubro de 2011 - Volta a jogar depois do previsto e estreia com a camisa do Corinthians no dia 9, na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, no Pacaembu. Ainda fora de forma, joga pouco mais de 12 minutos.    
Novembro de 2011 - Marca o primeiro gol com a camisa do Corinthians na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, de virada, no Pacaembu. Decide o jogo aos 43 minutos do segundo tempo.
Dezembro de 2011 - Coadjuvante, conquista o título brasileiro com o Corinthians.
Dezembro de 2011 - De férias no Rio, se envolve em nova polêmica. Uma jovem é baleada na mão esquerda dentro do carro do atacante na saída de uma boate na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.
Postado por: @Saamueel_Allves                              Fonte: globoesporte.com